Conselho Médico Suíço não recomenda a mamografia como método de rastreamento

Conselho Médico Suíço não recomenda a mamografia como método de rastreamento

O Conselho Médico Suíço, em artigo publicado, não recomenda a mamografia como método de rastreamento.

O Conselho Médico Suíço, um renomado grupo de cientistas, publicou um artigo em Maio de 2015. Nele, o conselho, afirma que nenhum programa sistemático novo para rastreamento seja introduzido com mamografia. E que deve ser estabelecido um prazo de tempo para concluir os programas existentes.

A revisão do artigo cientifica, sobre rastreamento com mamografia, afirma que as recomendações são baseadas em estudos antigos e ultrapassados. Alem de que os benefícios não excedem os riscos para as mulheres.

Um dos maiores e mais longos estudos realizados, sobre o assunto, concluiu que esse exame não têm nenhum impacto positivo na redução da mortalidade de câncer de mama. Enquanto 22% de mulheres com falsos positivos foram submetidos a tratamentos desnecessários.

Para mulheres com mamas densas, a mamografia é muito menos efetiva para a detecção com precisão de câncer. Já que as mulheres com mutação BRCA 1/2  são especialmente vulneráveis à radiação da mamografia.

A avaliação considerou a participação de 10.000 mulheres que participaram no programa, no período de 13 anos, analisando o impacto da política de prevenção pela Suíça.

 

 

 

Mais Notícias

Deixe um comentário